30 dezembro 2014

Viagem para Aruba

Olá pessoal! Demorei mas postei o vídeo da viagem pra Aruba que fiz em julho desse ano, nunca é tarde né? haha. O único motivo que não fiz o vídeo antes foi por pura preguiça mesmo. E como esses dias eu fiz o da viagem a Buenos Aires, me empolguei para fazer esse também, e vou fazer o das outras viagens também porque em vídeo fica mais divertido e fácil de mostrar. Espero que gostem, e se tiverem alguma dúvida sobre Aruba, preços, aluguel de carro, onde ficar, etc, é só me escreverem! ;)


                     

PS: Notei que tem um erro na edição, as laterais do vídeo sairam pretas, não entendi também... #fail 

23 dezembro 2014

Banda Catherine Wheel

Esse post entra na sessão: Bandas desconhecidas por mim, no mundo do rock. E hoje vamos falar um pouco sobre a banda Catherine Wheel.


Catherine Wheel surgiu em 1990, formado por Rob Dickinson (guitarra e vocal principal, tinha o sobrenome Dickinson não por coincidencia, é primo de Brian, vocalista do Iron Maiden), Brian Futter (guitarra e vocais), Dave Hawes (baixo) e Neil Sims (percussão). Traziam uma mistura balanceada de hard rock, rock alternativo e shoegazing influenciados por Pink Floyd, The House of Love e Talk Talk. Como outros grupos shoegazers, apresentavam  vocais emotivos envolvidos em guitarras distorcidas e atmosferas etereas, mas se diferenciavam dos demais ao utilizarem uma postura menos experimental e mais "song-oriented". Um dos motivos que fizeram conseguir permanecer mais que as outras bandas do mesmo gênero. Tiveram ao longo da carreira altos e baixos comerciais e de crítica apesar das turnês extensas.

Após dois compactos e um Peel Sessions, foram disputados por várias gravadoras, entre elas a pequena Opal de Brian Eno, a Creation de Alan Mcgee e, por última, Fontana, que tinha acordos de distribuição nos EUA com a Mercury. Como a Opal não era compatível com as ambições da banda e a Creation estava afundada de dívidas por conta das intermináveis sessões de gravações do Loveless do My Bloody Valentine, optaram por assinar com a major Fontana. Assinados com a Fontana, logo no debut, tiveram os sonhos realizados ao conseguirem trabalhar com Tim Friese-Greene, produtor do Talk Talk. Sua presença foi crucial para o o desenvolvimento de um som novo e original da mesma forma que fez com a banda de "It's My Life". Fement de 1992 teve grande recepção da crítica e emplacou um hit alternativo, a épica "Black Metallic".

Chrome, esse produzido por Gil Norton (mesmo produtor do Pixies, Foo Fighters entre outros), foi lançado em 1993. Trouxe um som mais pesado e denso, quase metálico, com belas e memoráveis melodias, mas sem abandonar o ecleticismo como mostrado na belíssima e melacólica "The Nude", na mercurial "Kill Rhythm" e na quase progressiva "Fripp", sendo o álbum favorito de quem vos escreve.

Após uma turnê extensa, retornaram com Happy Days, mudando profundamente o som e abraçando mais explicitamente o metal e o grunge. Produziu o hit "Waydown" e expondo a banda mais do que nunca, apesar da recepção fria por parte da crítica.

Nesse meio tempo, enquanto se preparavam para entrarem no estúdio, foi lançada a coletânea Like Cats and Dogs em 1996 que trazia os fantásticos lados B dos singles anteriores que já eram díficeis de se encontrar, porém estruturados de forma que se parecesse com um fosse um novo álbum.

O álbum que sucedeu foi o épico e quase conceitual Adam and Eve de 1997. Nesse lançamento as raízes progressivas vieram à flor da pele, com a ajuda do veterano Bob Ezrin (produtor do The Wall do Pink Floyd), mas mesmo com belas canções e aclamação da crítica (a revista The Big Takeover nomeou como o melhor do ano, na frente de OK Computer do Radiohead), as vendas não foram bem sucedidas. Após isso a banda deixou a Mercury, ficando um tempo sem gravadora.

Somente em 2000, agora com a Columbia, lançaram Wishville, que foi até que bastante tocada nas rádios alternativas mesmo com vendas medianas. Durante as gravações o baixista Dave Hawes deixou a banda. Depois da receptividade negativa e no meio da crise da Columbia, a banda resolve entrar em pausa que perdura até os dias de hoje.

Escutem:

Back Metallic

The Nude

Fripp

Heal

Delicious

Sparks are gonna fly


Enjoy it! =)

27 novembro 2014

Viagem para Buenos Aires

Demorei mas agora to postando o vídeo da nossa viagem pra Argentina =D

Um pouquinho de Buenos Aires pra vocês....


                      

15 novembro 2014

+ Trilhas Sonoras

1- Se eu ficar


Assisti esse filme há um tempo. Achei diferente. Ele é bom, mas meio fraco, poderia ser melhor, mas enfim, dai vai de gosto. Retrata bem fatores como música, escolhas, família e amor. Teve algumas partes que foram bem marcantes, e ouvi choros pelo cinema. Como não poderia ficar de fora, a trilha sonora é meio melancólica, mas eu curti... Ouve ae! :)




2- Boyhood

Agora pára tudo! O que é a trilha sonora desse filme? Aliás, ele está em cartaz, então recomendo vocês a assistirem. É um filme bem diferente dos outros. Demorou 12 anos para ser finalizado, justamente para mostrar o crescimento do garoto, personagem principal, junto com os outros personagens. Olha, a ideia é ótima, achei o filme sensacional, direção, conteúdo maravilhosos, e a trilha sonora é no mínimo perfeita!!! Pra vocês terem uma noção, tem Bob Dylan, Paul McCartney, Black Keys, Blink 182, The Hives, The Flaming Lips, Coldplay e muito mais... Tá do jeito que eu gosto! \m/



















10 novembro 2014

Pensamentos







Às vezes nada se encaixa, você não se encaixa em nada, nem em ninguém.Se sente sozinho, perdido como se houvesse um muro invisível entre você e o resto do mundo.Não sabe qual é a saída, por onde ir, por onde andar,se fica, se vai. Muitas vezes quer um ombro amigo, uma preocupação, um telefonema, uma buzinada em frente de casa, alguém chamando pelo seu nome, alguém querendo te dar um abraço e te chamar para passear. Outras vezes quer alguém para amar, para chamar de seu, mas você simplesmente não se vê gostando de ninguém. Até a pessoa que você poderia ter algo sério se afasta, porque inconscientemente você quis isso. Também se quer curtir a vida, beber, beijar, conhecer outras pessoas, se sentir bem fazendo isso, mas nem sempre é legal. Simplesmente pode acontecer de você sentir vontade de ficar só, deitado na cama, enfiado na coberta, debaixo das músicas do seu ipod. A vida é cheia de reviravoltas, uma hora se está por baixo, outra hora por cima, tudo depende de como você a vê, e dos resultados que fazem você correr atrás do que quer.
O mundo dá voltas e como dá. Não se sabe quanto tempo isso dura, se você vai caminhar bastante ou se seu caminho termina por aqui. Qual o por quê de conhecermos pessoas, de entrarmos e sairmos de sua vida, de permanecemos ou permanecermos para sempre?
São essas e tantas outras perguntas sem respostas que o melhor não é tentar entender, é viver.

E falamos, falamos tanto, e as atitudes ficam como? Elas realmente são feitas? Há uma grande diferença em fazer o que se gosta, em fazer porque tem que fazer,ou fazer porque você acha melhor, querendo ou não querendo.Acho que não entenderemos nunca o sentido da vida, e nem é para ser entendida, e sim vivida.

06 novembro 2014

Meus textos

Olá pessoar.. tudo bem ? Eu ando totalmente bloqueada para fazer posts e até mesmo para escrever. Então para não deixar aqui abandonado, penso em coisas legais para postar, vou postar diversos textos que já escrevi por aí. Você pode ver alguns deles aquiaquiaqui e aqui.





Você é o personagem principal da sua história. 
Mas há pessoas que esquecem que são os protagonistas 
e passam a ser os personagens secundários de sua própria vida. 
O resultado disso só pode ser um: frustração.
Liberte-se! Ama-se!
Vive sua vida porque ninguém mais poderá vivê-la além de você.
O tempo está passando e você ainda está ai, 
querendo que alguém sempre te pegue no colo. 
Acorde e veja que você já está em pé, 

e já passou da hora de caminhar.

30 outubro 2014

1 dia desconectado

Hey people... to super sumida. Pois é, estava viajando semana passada,depois conto sobre. To aqui pra te perguntar: Você já ficou um dia desconectado? Longe de celular, notebook, tablet, Whatsapp, Instagram, Facebook , etc e etc? Pois bem, resolvi fazer esse experimento esses dias com um amigo, ficamos da 00:00 de domingo à 00:00 de segunda sem acessar absolutamente nada. Sem celular (até para telefonemas), sem notebook, nada. Quer saber o resultado? Dá uma olhada na nossa opinião:




Marco Aurélio:

"Desliguei tudo e não senti a menor falta. Andei com o celular no bolsa para ver a hora só, e desliguei o 3g e o wifi. Teve momentos que eu quase entrei, mas por costume e não vontade. Estamos mais viciados do que imaginamos, mesmo que não precisamos, a gente sente a "necessidade" de abrir o Facebook ou algum app no celular. Totalmente pelo costume, mesmo sabendo que já viu todos os feeds daquele dia. Particularmente não me fez a menor falta, usei o tempo para organizar algumas caixas velhas em casa, sair com meu pai e passar mais tempo com a família."


A minha opinião é que estamos muito viciados nesse mundo virtual. Pessoas não conseguem almoçar sem pôr a foto da comida no Instagram, ficam de 5 em 5 segundos fuçando o Whatsapp, passam dias inteiros online no Facebook, etc. Estou me incluindo nessa também. Por isso esse experimento foi super válido para mim. Quando deu meia noite fui dormir tranquila. No dia seguinte acordei doida para ligar o notebook, mas já tinha me programado para fazer outras coisas. Tomei café, fui fazer minha mala porque iria viajar no dia seguinte, arrumei meu guarda roupa que tava uma zona, joguei fora um monte de coisa inútil, fui tomar um açaí com uma amiga, fiquei vendo jornal na tv, coisa que há tempos não fazia, minha irmã veio para cá e ficamos conversando eu, ela e minha mãe, coisa que eu também não faço muito, porque tava sempre enfiada no quarto com o notebook. De noite fui para um aniversário de uma vizinha e quando voltei foi um pouco difícil, mas ai resolvi ler meu livro, e quando olhei para o relógio era quase 1 hora da manhã. Resolvi me conectar mas sem muito entusiasmo, foi legal porque tinha bastante mensagens e depois que vi fui dormir, bem mais leve. Recomendo isso para todos.




E você, quando vai ficar desconectado do mundo virtual???

20 outubro 2014

Refletindo..Agradecendo...



Como não sabemos o dia de amanhã, estou aqui para agradecer a Deus e ao universo por tudo na minha vida. Coisas boas, coisas ruins, tudo vale para o nosso crescimento e amadurecimento. Eu estou tão feliz agora, nesse momento que não sei explicar o porque e a sensação é muito boa. Descubro a cada dia que felicidade não é algo que você almeja, é um estado de espírito. Quem dera eu fosse feliz para sempre, mas acho que podemos treinarmos para sermos. Nos apegamos tanto a coisas ruins, a situações chatas, que esquecemos o que está a nossa volta, e o que está nela vale muito mais que qualquer coisa negativa. Daí a importância de ser uma pessoa positiva, uma pessoa que acredita que tudo vai ficar bem, porque sempre fica. E eu tenho uma vida linda, sou linda por dentro e por fora cara, tenho pais e uma família maravilhosa, tenho amigos que estão sempre comigo. A cada ano conheço mais e mais pessoas maravilhosas que eu quero que sempre sejam meus amigos, aqueles para a vida toda. Acho amizade o sentimento mais puro de todos. E eu sempre estou cercada por esse sentimento graças a Deus. Quem disse que devemos esperar a virada de ano para fazer um check up em nos mesmos? Por que não para e reflete agora? Pois é. Eu pelo menos tenho motivos para agradecer. Obrigada pela minha saúde, obrigada pelas pessoas boas ao meu redor, obrigada pela minha família e amigos, obrigada pelas aprendizagens e pelos empregos, obrigada por eu ter experimentado o amor, eu amei e fui amada, obrigada vida pelas novas chances e oportunidades de crescimento que encontro no caminho. Eu sou um ser que estou quase completo e falta melhorar algumas coisas, mas eu quero e vou melhorar porque a vida me da essa oportunidade, porque eu me amo e quero me amar até eu não conseguir mais amar ninguém, quero transbordar de amor e passar isso pelo olhar das pessoas na rua, mendigos, pessoas estressadas indo trabalhar, pessoas tristes, pessoas alegres. Quero ajudar alguém apenas com boas energias. A vida é uma só, aproveite. E se eu pudesse dar um conselho foda seria: Não espere pelo amanhã. Sua vida é o presente, nada mais. Obrigada pelas pessoas que me acompanham aqui, vocês que curtem, que comentam, que curte a página, vocês me incentivam para eu ir além. E acima de tudo, obrigada a mim porque eu mereço.

Cara, acho que quase ninguém vai ler tudo isso, mas eu já estou feliz de ter tirado da minha mente. Obrigada vida. 

19 outubro 2014

O que te faz feliz?

Perguntei para alguns amigos o que os fazem feliz... Aqui estão algumas respostas:


1. Ler; sair com os amigos - Erica, 27 anos.

2. Um dia com toda a família; estar viva - Jessica, 22 anos.

3. Assistir filmes; uma companhia agradável - Henrique, 22 anos.

4. Shows;  ir ao cinema - Mauricio, 23 anos.

5. Minha família - Milene, 25 anos.

6. Bondade sem interesse; uma boa conversa - Leonardo, 27 anos.

7. Sororidade e a sensação de sucesso - Bruna, 17 anos.

8. Ser e se sentir amado (por família, amigos e namoro); dinheiro (para poder aproveitar a vida) - Paulo, 26 anos.

9. Fazer zumba; meu namorado  - Andreza, 25 anos.

10. Dormir cedo; ficar de boa- Fabiana, 33 anos.

11. Viajar; comer - Thalita, 24 anos.

12. Dinheiro - Guilherme, 26 anos.



E você... O que te faz feliz?

17 outubro 2014

20 e poucos anos



Estou na melhor época da minha vida. A dos 20 e poucos anos. Depois que terminamos o colegial, abre-se um leque de oportunidades, uma nova fase batendo na porta, uma vida completamente novinha em folha.  Um novo livro para você rabiscar a vontade. Claro que vem muito conflito por ai, a cada dia. Sei que a  época preferida costuma ser a infância, só que na infância não temos consciência do mundo e não temos 'permissão' para andar com as próprias pernas. Já nessa época é que nos descobrimos, nos permitimos, damos a cara a tapa. O primeiro emprego, primeiro namorado sério, primeiras viagens, a aula de volante, primeiro carro, primeiras baladas, bebedeiras, porres, sexo, paixões avassaladoras, as loucuras, os segredos, desejos ocultos, dor de corno, dor de amor, o rock, a dor forte no coração por ver as pessoas partirem, os amigos se distanciando, novos amigos, os brinquedos no fundo do quintal sendo doados para um outro alguém, o lugar onde ficava sua bicicleta, o parque onde você brincava e andava de patins,a solidão, novos desafios surgindo, os estudos, a faculdade, o cursinho, o curso de francês, o treinamento, o vestibular, o concurso público, o intercâmbio, as viagens pelo mundo, você se descobrindo a cada dia, as decepções, as raivas, as tristezas, a depressão, os pânicos, o choro engolido, o choro soluçado, as conquistas, o suor, a felicidade, os beijos descompromissados, a opção sexual, os novos gostos musicais, a mudança de pensamento, os caminhos a serem descobertos, o novo rolo, a saudades, o ajuntamento, o relacionamento aberto,  a realização de fantasias, o amor, o noivado, o casamento, os filhos, a mudança de casa, mudança de vila, mudança de vida, as mil e umas responsabilidades, o corte de cabelo, o novo emprego, o sucesso profissional, os barzinhos, shows, as festas, os aniversários, a reunião de família, o encontro dos melhores amigos do colégio.... É nessa época que  acreditamos em algo, e no segundo depois, mudamos de opinião, para depois mudarmos novamente. Nos descobrimos e escolhemos quem queremos ser e o que queremos da vida, com muita dificuldade e indecisão chegamos lá. Olharemos para trás e sorriremos porque saberemos que tentamos, usufruirmos das oportunidades, vivemos uma época repleta, para entramos nos 30 com uma bagagem gigantesca e muito mais força de vontade para vencer e fazer da nova etapa a melhor possível ainda. Obrigada meus 20 e poucos anos, sou grata desde já por tantas possibilidades na minha frente. Prometo aproveitar cada momento dessa época que é a mais especial, pois é nessa época que somos e sentimos que podemos fazer tudo, porque somos eternamente jovens, e infinitos.

08 outubro 2014

História de amor na praia

Mais uma história de amor de uma leitora para vocês. Essa história é bastante diferente das outras... Vale a pena dar uma lida e se inspirar!


"Fui acampar com um grupo de amigos em Ilha Grande, RJ. Um lugar lindo, era feriado de 12 de outubro, estávamos em 4 pessoas e fomos fazer um passeio ao redor da ilha em um taxi boat, foi um passeio de um dia inteiro e lindo. Na última ilha, do nada saiu do meio do mato 2 caras branquelos, altos, de botas... Achamos estranho! Eram dois alemães, perdidos, sem saber como retornar para a ilha. Conseguimos dar uma carona a eles no Taxi boat e voltamos para a ilha e marcamos de nos encontrarmos mais tarde. Achei os dois lindos, mas um deles se mostrou interessado por mim, até tentou dançar comigo... Ele ia embora no dia seguinte pela manhã, nos beijamos e ficamos na praia abraçadinhos e conversando até o amanhecer. Ele me deixou no acampamento e foi embora, pediu meu email. De lá, ele ia para outros países da América do Sul e o próximo era a Argentina, era uma viagem de 3 meses e aquele foi o último dia dele no Brasil. Uma semana depois me mandou um email e disse que retornaria para o Brasil, e mais especificamente para São Paulo, onde eu estava. Nos encontramos e passeamos. Passamos um final de semana na praia e foi tudo maravilhoso. Desde então, ele voltou outras vezes, fez aula de Português e eu também fui para a Alemanha. Foi muito bom, mas nos víamos por cerca de duas vezes por ano, mas nos falávamos diariamente. Era difícil, mas nos gostávamos. Depois de 2 anos, decidi que precisava de um novo rumo para minha vida, algo mais real. Ele entendeu e hoje somos bons amigos e ainda conversamos. Foi bom enquanto durou".

- Marcela, 30 anos.


Quem sabe seu amor de praia não é um gringo?? ;)

07 outubro 2014

10 coisas que aprendemos morando fora


Quando moramos fora, aprendemos diversas coisas, experiência própria. Resolvi listar 10 delas :)




1. Aprende a administrar o seu dinheiro. Quando nos bancamos 100% amadurecemos, vemos a diferença que faz, e sabemos controlar melhor nossas finanças.

2. Vira gente grande. Paga as contas, cozinha e muito, lava a casa, lava a roupa, faz as compras, trabalha e trabalha, estuda e não há nada que você não saiba fazer sozinho.

3. Aprende a ser prático. A levar pro mochilão apenas 3 peças de roupas e o que realmente vai precisar, mesmo se for trip de 1 mês. A dormir no sofá na casa de um amigo após uma after party, etc...

4. Você aprende a dar valor ao seus pais, a sua família, amigos e coisas em geral. E vê que reclamava muito de tudo, mas cada coisinha faz falta, assim como sua cama e aquele almoço de domingo na casa da vó.

5. Aprende a se despedir. Você vai conhecer tantas pessoas pelo caminho, a maioria você nunca mais verá na vida, e isso fará parte da sua rotina.

6. Aprende que ninguém ta nem aí para a vida do outro, você se veste do jeito que quiser e faz o que quiser, ninguém vai ficar te julgando. Lá fora as pessoas não ficam se metendo na sua vida que nem aqui. Uma vez em Londres, vi um cara jogado na calçada, de social e inconsciente, as pessoas passavam por ele, pulando-o.

7. Também aprende que brasileiro é um povo que faz falta. Abraço caloroso, intimidade logo de cara, churrasquinho de domingo, não é para qualquer um. 

8. Aprende a ser educado e respeitar os outros. Lá todo mundo agradece o motorista quando desce do ônibus, todos! Se alguém te esbarra, você vai ouvir milhões de sorry... As pessoas dão bom dia, pedem licença, tentam respeitar ao máximo o espaço um do outro. A cultura é muito diferente, e você aprende a respeitar isso e a entrar na cultura deles..

9. O mundo fica menor, porque tudo parece tão acessível, tão prático e barato. "Ah quero fazer algo diferente esse final de semana, vou pra Escócia". É bem assim mesmo...

10. Aprende a ser mente aberta. Você vai julgar menos, se adaptar mais, e aprender a se conhecer melhor, a se reconhecer.


Para saber mais sobre intercâmbio clique aquiaqui e aqui.

06 outubro 2014

Receita: Mousse de Limão

Estava eu a toa, fazendo umas bagunças na cozinha, e resolvi  fazer a sobremesa mais easy de todas... Mousse de Limão! Eu sou apaixonada por mousse de limão e de maracujá. E pra quem não sabe aqui vai a receita para você fazer agorinha mesmo!




Você vai precisar:

1. Uma lata de leite condensado.
2. Uma lata de creme de leite.
3. 1/2 xícara de suco de limão puro.

Modo de preparo:

1. Coloque o conteúdo da lata de creme de leite e leite condensado no liquidificador e deixe bater por 3 minutos.
2. Acrescente aos poucos o limão.
3. Coloque em taças e ponha na geladeira.

PS: Da para aprimorar mais. Você pode fazer com gelatina de limão, para ele ficar mais  saboroso. Da para acrescentar suco de limão em pó, da pra enfeitar colocando um bis de limão... Etc.

É só usar a criatividade! ;D


04 outubro 2014

Sua história de amor






"Conheci o meu (hoje) namorado há 7 anos, época de escola, amigos em comum, aqueles roles depois da aula com a turma toda e aí.... Nos conhecemos! Ele acabando o ensino médio e entrando na faculdade, e eu no último ano do ensino médio no mesmo colégio e faculdade. De início, foi surgindo uma amizade super bacana, noites dormindo lá pelas tantas da madrugada só pra conversar mais tempo com ele pelo MSN na época rs, ele acordava cedo, depois das 5h da manhã, mas falava comigo até quase 3h da manhã na Internet, ia trabalhar cansado mas não tinha um dia que não nos falávamos. A amizade foi ficando mais forte, mais dependente um do outro, aquela vontade de um estar onde o outro estava. Vários passeios mas sempre junto com todos os outros amigos, as fotos juntos, as brincadeiras, tudo era muito bom, ele já me amava e eu boba (e lenta) só queria amizade. Como a gente demora pra perceber que é da amizade que surge o amor mais puro nao é? Lembro da primeira vez que o abracei e disse que o amava, abraço de amigo mas com aquele sentimento já batendo forte, eu lembro o que eu senti naquele dia até hoje.
Enfim, quando o sentimento bate mais forte o melhor é se deixar levar. Há 5 anos e 11 meses ele me pediu em namoro, um mês depois me deu a aliança e daqui ela só saí do dedo da mão direita para passar para o dedo da mão esquerda, e eu espero que logo. Amor maior não há. É tão bom sentir-se amada, ter não só um amigo, mas um companheiro e um amor para toda a vida "

- Andreza, 25 anos.

03 outubro 2014

Meu texto no jornal!

Hey pessoas... Lembra que eu falei que ganhei um concurso de um blog de uma querida, e o meu texto vencedor saiu no Jornal de Lençois? Então, aqui está pra vocês:


Nem preciso falar o tamanho da minha felicidade né? Agradeço muito a Larissa do blog Escritora de Gaveta pela oportunidade :)

02 outubro 2014

5 dicas para dormir melhor

Esse post vai para quem tem dificuldade para dormir. Aqui vão umas dicas:



1. Leia um livro.

No meu caso, toda vez que leio um livro fico com sono. É imbatível! Além de me ajudar a relaxar bastante.

2. Não beba água.

Pra mim beber água antes de dormir é uma péssima ideia. Vou muito ao banheiro. Tenho que parar de beber água pelo menos duas horas antes de cair no sono.

3. Não deixe nada pendente.

A gente dorme muito mais relaxado se conseguimos resolver o máximo de pendências do dia. Porque ninguém merece dormir com algo mal resolvido na cabeça né?

4. Tomar banho.

Tomar aquele banho quentinho relaxa os músculos e com certeza vai fazer você cair no sono como uma pedra.

5. Tomar leite.

Eu particularmente consigo dormir mais rápido depois de um copo de leite. Não sei qual o efeito que ele tem, mas sempre resolve.


=)

17 setembro 2014

História de amor

Nem sempre as histórias são como as pessoas querem que seja. Acho que não tem aquela de ''não deu certo'', deu certo no tempo que deveria dar. Segue abaixo a história de mais uma leitora!



"Há alguns anos fui passar as férias em outro estado, onde tenho parentes. Conheci o Lucas. Ele morava na rua de trás. Ficamos amigos, mas a gente se falava pouco. Até que um dia começamos a nos atrair um pelo outro e vimos que só ser amigos não bastava. Acabamos ficando, foi meu primeiro beijo! Foi estranho mas bom ao mesmo tempo. Lembro que fiquei com muito frio na barriga na hora. Continuamos ficando. Depois de uns dias eu tive que vir embora, deixar ele para trás. Foi meu primeiro amor. Sentia borboletas no estômago com ele. De vez em quando viajo para lá e o vejo, é estranho. Só falamos oi de longe, mas ainda sinto vontade de ficar com ele, sei lá, sinto que deveria continuar.. Sei que não daria certo, mas tenho aquela sensação de que algo não acabou. Depois de tanto tempo, às vezes me pego pensando nele e em como seria se tivéssemos ficado juntos..."

-Thaís, 24 anos.

Me mandem mais histórias... tenho apenas mais uma #fail

13 setembro 2014

TAG Meu passado me condena

Pessoas. Estou sem criatividade pro blog já faz um tempinho, não me matem! To postando umas das TAGS que já fiz, espero que curtam e quero ver tags de vocês tambééém! Obs: No final do vídeo, quem reparar, faço uma voz insuportável, é porque aparece minha gatinha (ownn).




Que linda que fiquei nessa imagem parada, fala sério! #sqn
Se inscrevam no meu canal aqui !!

10 setembro 2014

Ganhei um concurso =D

Aeee galeraaa... To MUITO feliz! Estava participando de um concurso da linda da Larissa do blog Escritora de Gaveta e ganheeeei em 1º lugar *-*. Um texto meu vai ser publicado no Jornal Notícias de Lençois, na cidade dela! Quando for publicado dou um jeito de postar aqui pra vocês! Nem posso dizer o quanto fiquei empolgada né? A Larissa é demaaaais! 





Amanhã postarei história de uma leitora, e pra me mandar a sua me envie pelo e-mail: mel_castilho@hotmail.com =)

03 setembro 2014

Sua história de amor

Mais uma história de amor de uma leitora! Para mandar a sua envie para: mel_castilho@hotmail.com. Fico no aguardo! :)




"Há mais ou menos dois anos, eu estava fazendo estágio e sempre olhava para um menino que sentava na mesa ao lado no café da manhã. Mas só ficávamos no bom dia. Até que na minha última semana, comentei com uma amiga do trabalho sobre ele, achava ele interessante, e ela foi dar uma de cupida. Ela era amiga de um amigo dele, e conversou com esse menino sobre mim. No dia seguinte no café da manhã, lá estava ele vindo em minha mesa. Fiquei meio nervosa. Fomos apresentados e só. Dai ele voltou para a mesa dele... Não entendi nada, pensei: "Como assim? Só isso? Mas eu to para ir embora". No dia seguinte, ele veio e sentou na minha mesa de novo, aproveitou que meus amigos não tinham chegado ainda e ficamos conversando, acabamos trocando telefones. No mesmo dia na faculdade, ele me ligou e nos encontramos. Perdi as duas primeiras aulas e ficamos conversando, no final rolou o primeiro beijo! Foi meio confuso mas foi bom. A gente foi achando o nosso encaixe. Cada dia era um dia especial, e quando eu vi já estava apaixonada. Estamos juntos até hoje e sou muito feliz com ele".

- Andrea, 24 anos.

02 setembro 2014

TAG O que é isso?

Heyy people! Mais uma TAG que fiz com minha querida amiga :) Essa é divertida. Temos que adivinhar objetos... Se tiverem ideias de tags, deixem nos comentários! 




Se inscreva no meu canal aqui!

31 agosto 2014

Banda The Sound

Às vezes posto sobre algumas bandas que não são muito conhecidas. Hoje vou mostrar para vocês a banda The Sound. O texto foi escrito por um amigo, ele me ajuda em algumas pesquisas de banda. Escutei a banda e curti muito!


Existem os casos em que bandas se esforçam constantemente para conseguirem reconhecimento da crítica e do público, mas que no final das contas só conseguem contentar o primeiro. Mas tem aquelas que conseguem a chance de serem contratadas por gravadoras grandes, mas, em nome de integridade artística, não aceitam acatar as sugestões impostas por elas e sofrem represália com falta de apoio e promoção. A inglesa The Sound foi uma delas.

Liderada por Adrian Borland (vocais e guitarra), e formada em 1979, dois anos após a explosão (e consequente implosão) do punk, trazia uma sonoridade fortemente influenciada por Joy Division, The Velvet Underground e The Stooges. Contava também com Mike Dudley (bateria), Benita "Bi" Marshall (teclados, saxofone e clarinete), Graham Baley (baixo), e com a ajuda de um não membro da banda nas letras, Adrian James. Os vocais de Borland lembravam muitas vezes Ian McCulloch do Echo & the Bunnymen. A escolha de arranjos e produção remetiam a mesma banda, mas as composições eram menos comerciais, buscavam criar uma identidade própria.

O primeiro EP foi o Physical World de 1979: rápido, carregado de guitarras, porém não era agressivo. Era intenso mas não agressivo, movido pela emoção e não pela força. Já trazia as letras pessoais e inteligentes que se tornariam mais uma característica marcante da banda. Foi elogiado pela NME e chegou a ser veiculada nos programas do DJ John Peel.

Equanto a banda se preparava para gravar o primeiro álbum de estréia a gravadora Korova, subsidiaria da WEA, ofereceu contrato e a banda aceitou.

O álbum em questão, Jeopardy, foi lançado em 1980 e recebeu excelentes criticas da NMW, Sound e Melody Maker, estando nas listas das respectivas publicações de melhores do ano. O álbum trazia músicas que mostravam a versatilidade da banda, como a tensa e hipnótica "I Cant't Escape Myself", a balada "Desire", o single "Heyday" e a canção protesto "Missiles".

Em seguida a banda muda de formação com a saída de Bi Marchall e a entrada de Colvin "Max" Mayers nos teclados. Em 1981, lançam "From The Lions Mouth". Atmosférico e claustrofóbico, apresentam um som ainda mais sombrio e soturno, quase gótico, como em "New Dark Age", "Skeletons" e "Fatal Flaw". Não há espaço para calmaria, exceto na balada "Silent Air".

Após dois álbuns ferozes e difíceis, a gravadora pressiona para que a banda passe a se dedicar á um som mais comercial e com objetivo de sucesso, pois até então eram aclamados pela crítica mas não passavam de uma grupo cult. Havia mais dinheiro sendo investido dessa vez, ao contrário dos lançamentos anteriores.

Mesmo assim o grupo ignora as exigências e lança o experimental, All Fall Down de 1982. É um álbum fortemente influenciado por PIL, David Bowie e pela banda amiga The Comsat Angels, no verdadeiro espírito do pós-punk. Há empreitadas eletrônicas como na música título, desconstruções do pop como em "Party of the Mind", "Calling the New Tune", e o velho som feroz de sempre como em "Red Paint", as ameaçadoras "Glass and Smoke" e "Song and Dance". A única exceção fica para as mais acessíveis "Where The Love Is" e "Monument".

Por conta do fracasso de crítica contemporânea e de vendas, a WEA rompe o contrato com a banda e decide não divulgar o álbum. Análises atuais negam o status de fracasso artístico e consideram talvez o melhor da banda.

Sem gravadora, lançam This Cover Keeps Reality Unreal pela Cherry Red, uma parceria com Kevin Hewick, que escreveu e cantou em todas as músicas.

Receberam ofertas de diversas gravadoras assinando com a independente Statik. Lançam o revigorante "Shock of Daylight", e fizeram as pazes com a imprensa musical, sem dúvida o melhor EP gravado por eles. No ano seguinte lançam em 1984 "Heads and Hearts" mostrando um som mais otimista e vigoroso, o álbum gera três singles: "One Thousand Reasons", "Temperature Drop" e "Under You". Foi moderadamente bem recebido pela imprensa. O baterista Michael Dudley, por outro lado, o considera o pior da banda.

Borland, em 1985, começa a apresentar sintomas de problemas psicológicos agravados pelas frustações na carreira. Problemas que mais tarde viriam a acarretar em tragédia. Em 1986, a Statik pede falência e a banda fica novamente sem gravadora.

Em 1987, assinam com a Play It Again Sam e lançam o que a própria banda considera seu melhor trabalho, o magnífico "Thunder Up". Mostra um som mais polido e comercial mas sem perder a qualidade nas letras e melodias. A imprensa novamente se rende a banda mas ao contrário do público.

Saem em turnê em 1987 e quando chegam na Espanha, Borland sofre um colapso mental. Cancelam a turnê e terminam a banda em 1988.

Após o fim da banda os outro membros se afastam de atividades musicais, exceto por Borland que manteve uma carreira solo por uma década e junto de bandas como White Rose Transmission e Honolulu Mountain Daffodils. Nunca conseguiu superar sua depressão, e após uma recaída em que teve que retornar a um hospital psiquiátrico, Borland que sofria de Transtorno Esquizoafetivo, comete suícidio em 26 de Abril de 1999, se jogando na frente de um trem expresso na estação Wimbledon.

Postumamente são lançados Propaganda, coletânea de gravações feitas antes do lançamento do primeiro álbum da banda em 1979 e The BBC Recordings que traz duas sessões de rádio e duas gravações de shows.

A imprensa contemporânea ainda não se conforma como uma banda nunca conseguiu o reconhecimento que merecia. Publicações como Trouser Press, The Big Takeover e Uncu,t colocam The Sound como uma das melhores bandas dos anos 80, chegando às vezes a colocar no patamar (e até acima), de grandes nomes como U2, Joy Division e Echo & the Bunnymen.


Discografia

Álbuns principais

Jeopardy (1980)
From the Lions Mouth (1981)
All Fall Down (1982)
Heads and Hearts (1985)
Thunder Up (1987)

EPs

Physical World E.P. (1979)
This Cover Keeps Reality Unreal (1983) (com Kevin Hewick)
Shock of Daylight (1984)
Live Instinct (1981) (ao vivo)

Coletâneas

Counting the Days (1986)
Propaganda (1999)
The BBC Recordings (2004)

Ao vivo

In the Hothouse (1986).

.Escute um álbum aqui.

27 agosto 2014

Sua história de amor

Como combinado às quartas, aqui vai mais uma história de amor de uma leitora. Tá bem grandinha, mas vale a pena ler, além de ela escrever muito bem, ela retrata vários detalhes essenciais para a história ficar mais envolvente...



"Bem, eu sempre fui muito chegada a amores meio platônicos. Se gostava de um cara, (ou uma menina), muito mesmo, nem sequer tentava me aproximar. Ficava me lamentando por quem eu amava não me amar e ia me consolar com outras pessoas, com as quais acabava namorando. Deu pra entender? Pois é, o que acontece é que todos os meus namorados e namorada foram como steps pras minhas desilusões amorosas. Meus maiores amores tinham sido apenas aventuras. Pelo menos até o começo do ano passado.
Eu tinha acabado de começar naquela escola e tinha uma menina que vivia falando de como sua vida era chata e como seu irmão era escroto. Acabamos nos tornando boas amigas (não amigas de verdade, mas boas amigas), e com o tempo eu passei a frequentar a casa dela vezes o suficiente pra acabar conhecendo o irmão escroto que era na verdade um boy moreno, altíssimo, super sarado e muito metido. Eu nunca tinha me metido com um cara desses, e surgiu então um tesão/antipatia que eu guardava só pra mim, sem contar pra minha colega.  Aquela velha necessidade de um step, que acabou sendo ele próprio, já que eu estava sofrendo na época com desilusões bobas.
Eu continuava frequentando a casa dela normalmente e até dormindo lá às vezes. Eu tinha insônia e o irmão gostoso dela só chegava  no comecinho da madrugada. Eu ficava acordada no quarto dela e ele ficava jogando na sala. Às vezes eu passava por ele pra ir ao banheiro, e algumas dessas vezes, não propositalmente, eu estava só de pijamas ou blusas sem nada por baixo. Tente entender que eu não achava que fosse atraente o suficiente para que ele reparasse na minha bunda ou peitos, só usava os meus pijamas habituais, sem pretensões. Mas ele reparava, e um dia quando ele chegou em casa, me recusei a ir pro quarto. Ele acabou sendo muito educado e nós jogamos um pouco de vídeo game, depois assistimos uns filmes e, ainda tento me explicar como foi que, (por iniciativa minha), acabamos assistindo um pornô. Daí pra frente foi só tesão contido, já que o brutamontes era, na verdade, um gentleman.

Dormi na casa dela outras vezes. Com o tempo acabei me tornando próxima dele, jogávamos cada vez mais juntos e assistíamos filmes cada vez mais grudados. Éramos só nós dois dividindo a madrugada na casa adormecida.  Eu com minha incrível capacidade de só falar besteira às vezes o deixava estarrecido, ou envergonhado, ou excitado... Ele com aquele corpo escultural e aqueles olhos castanhos maravilhosos que quase me matava de tesão. Um dia ele, muito tímido, tomou a iniciativa e me beijou.
Depois desse dia trocamos telefones, e ele passou a querer me ver todos os dias e ia me encontrar no estacionamento do prédio onde eu morava durante as nossas madrugadas. Eu passava o dia só esperando a madrugada chegar.
Não deu uma semana, o gostoso me pediu em namoro e eu, acredite se quiser, não aceitei. Eu tinha acabado de sair de um relacionamento e também me sentia culpada pela colega que me acolhera em sua casa sem saber que eu daria o bote em seu irmão. Fiquei protelando, mas percebi que ele não transaria comigo antes que eu fosse dele. Inacreditável, eu digo até hoje pra mim mesma sempre que lembro dele duro feito uma pedra e dizendo que tinha que ir embora porque já tava tarde. Esse cara me fez sofrer, desesperada, sem saber por que ele não queria fazer sexo. Eu tinha certeza que ele só não me queria, mas por que então tinha me pedido em namoro? Eu, que nunca consegui manter a língua dentro da boca, acabei perguntando e ele disse que não queria que eu pensasse que ele só queria sexo, que precisava que eu soubesse que ele me queria por inteiro e só pra ele. Quem diria que o grandão era sensível?!
Aceitei o tal pedido há dois anos e nós estamos sendo muito felizes até hoje. Me assusto quando penso que tudo aconteceu em menos de quinze dias, e hoje parece que nós sempre estivemos juntos.
Ele me curou das minhas desilusões e me deu o melhor sexo que eu já experimentei, além de ser um amigo e companheiro fiel pra todas as horas, sem exceção. Ele é, de longe, meu maior amor.

Não sei se estaremos juntos para sempre, mas se não estivermos eu pelo menos vou poder dizer que eu já fui muito amada e muito feliz. E se estivermos, bem, sempre vai haver um sorriso no meu rosto."

- Marina, 20 anos.

24 agosto 2014

Tag TMI

Oiii. Mais uma tag pra vcs..."Too Much Information". Tava meio ausente resolvendo uns problemas do Layout, e também procurando um bom editor de vídeos que seria compatível com a extensão MOV, porque quando convertia o arquivo, estragava a qualidade. Dai comprei um bem legal e baratinho, depois dou detalhes. Espero que curtam a TAG.



Se inscrevam no canal aqui  :)

20 agosto 2014

Sua história de amor

Oi pessoal! Toda quarta vou postar histórias de amor das leitoras... A primeira história começa hoje. Não vou citar nomes verdadeiros, só se as pessoas quiserem se revelar. Espero que gostem e participem!



"Conheci ele em uma balada. Estava com minha irmã me distraindo quando ele se aproxima e pede para dançar comigo, acabamos dançando e ele me roubou um beijo. Depois de muito insistir, ele consegue meu número de telefone, que eu jurava ter dado errado, mas não foi bem assim... No dia seguinte ele me liga dizendo que queria me ver outra vez, e que estava apaixonado. Eu, para ver se ele era sincero, enrolei duas semanas, até que fui me encontrar com ele na Paulista. Depois de algumas caipirinhas, passamos a noite em uma balada, dancei muito. Depois de duas semanas saímos outra vez. Até que ele me roubou e me levou para casa dele. Era uma casa simples, mas ele colocou duas taças na cama, incenso de rosas e uma música bonita de fundo. Tivemos a nossa primeira noite juntos, e nos apaixonamos. Namoramos seis meses, daí ele me pediu em casamento. Eu aceitei e fui morar com ele. Dois anos depois engravidei e hoje sou mãe da minha riqueza. Ele é um marido maravilhoso e um ótimo pai. Sem dúvidas o amor da minha vida. Em dezembro vai fazer 3 anos que estamos juntos. E hoje todos os meus planos estão ligados a ele, amo muito, a cada dia que passa mais e mais."

- Giovana, 22 anos.

E se você quiser mandar a sua é só entrar em contato aqui no blog mesmo. Não precisa ser uma história grande, conte o que acha essencial, não precisa ter um final feliz, basta ser marcante para você.

14 agosto 2014

Projeto verão 2015

Eu sei que está frio para pensar nisso mas...Preparada?? Pode parecer cedo, mas quanto antes você se preparar para o verão, mais resultados terá! Vamos a algumas dicas:


1- Beba muita água. Pelo menos 2 litros por dia! A água limpa todo o seu organismo, melhora a sua pele, e de acordo com uma pesquisa, ela também emagrece porque ajuda no metabolismo. Na pesquisa realizada, as pessoas que faziam uma dieta e bebiam mais água, emagreciam mais rápido do que as que não consumiam tanta água assim.

2- Evite ingerir muitos doces, beber refrigerantes, comer muitas frituras e coisas gordurosas. Isso ajuda a emagrecer bem, mesmo que você não faça exercícios, cortando determinados alimentados já dá um grande resultado. Eu sei que é difícil porque geralmente são as coisas mais gostosas de se comer, mas comece aos poucos, vá diminuindo a quantidade desses alimentos a cada dia... Quando você vê, já cortou bastante.

3- Faça exercícios. A combinação de alimentação + exercícios físicos, dará um grande resultado para seu corpo, além de te dar um bem estar prolongado. Além de você perder calorias, vai fazer muito bem para a saúde, pois ajuda a prevenir doenças, controla o seu colesterol, previne diabetes, estimula o sistema imunológico, levanta sua auto estima, além de aumentar a libido e a vida sexual... Quer mais o quê?

4- Diminua o carboidrato. Invés de pegar 5 colheres de arroz, pegue 2. Não exagere no seu prato de macarrão. Esqueça um pouco as batatas e nem pense em bolachas, achocolatados, queijo. E nada de pão três vezes por dia. Não estou falando para cortar tudo, até porque cortar carboidrato do nada, pode ser perigoso e exige acompanhamento médico, mas evite exagerar e NÃO comam de noite, não porque está perto da hora de você dormir, e sim porque a noite o metabolismo funciona muito devagar pois você quase não produz energia. Diferente do dia.

5- Durma bem. Não se estressa, não se reprima, não se reprimaa ahhh... Uma boa noite de sono muda o seu humor e reflete na sua vida, na sua auto estima e no seu desempenho no dia-a-dia. Durma pelo menos 8 horas por dia e você notará uma boa diferença. Para organizar melhor o seu ritmo, tenha horários certos para dormir, assim como para comer também.


Essas dicas não servem só para o próximo verão, e sim para toda a sua vida. Saúde não é brincadeira, e se tivermos uma vida mais saudável, tudo será melhor. Fica a dica!

12 agosto 2014

Tag Só uma palavra


Tag `Só uma palavra` que gravei na semana passada. Aliás gravei várias tags semana passada, mas vou colocar uma por semana aqui. Espero que curtam. Eu particularmente adorei fazer. =)



Curtam meu canal aqui!

08 agosto 2014

Tag entre amigas


Oi pessoal, tudo bem??? Resolvi postar uma tag que gravei com minha amiga Thalita há uns dias.... A tag é "Entre amigas", espero que gostem :D








05 agosto 2014

5 apps interessantes


Oi gente... To na correria aqui com post da viagens e vídeos, mas já estou de volta! Separei alguns apps interessantes por ai!

1- Vamos beber água?

Esse é para pessoas, assim como eu, que não lembram de beber água. No aplicativo você coloca os dias da semana que é para ele te lembrar, de quanto em quanto tempo, e quantos mls de água você tem que ingerir. No meu caso coloquei de 3 em 3 horas todos os dias. É muito útil porque realmente ajuda você a se lembrar de beber água.




2- Vamos comer algo!

No mesmo esquema de, vamos beber água, temos o vamos comer algo! Ele é ótimo para as pessoas que esquecem de comer, ou comem em horas erradas. Você configura ele de acordo com os horários que você quer, e ele te lembra que é hora de dar aquela paradinha e preencher o estômago. De quebra calcula as calorias dos alimentos!




3- Caderninho de gastos.

Nesse app você cadastra suas contas, seu salário, e fica de olho em como está seus gastos e sua situação financeira. Ótimo para dar uma controlada e saber o que você anda gastando por ai...




4- Onde está meu ônibus?

Esse é muitooo útil. Sair do bar cedo para conseguir pegar o ônibus? Ir para o ponto e esperar eternamente um ônibus que não vem mais? Seus problemas acabaram!! Esse app te informa direitinho onde está seu ônibus. Ele possui um mapa da linha escolhida, assim da pra saber a hora certa em que você pode pegá-lo. 




5- Se beber não ligue.

Há vários apps que te impedem de fazer aquela ligação pro ex depois de uma bebedeira. Um dos que eu achei bem divertido é o Ex lover blocker. Nele você cadastra o telefone do seu ex, ou de qualquer outra pessoa que você "não" possa falar, e seleciona alguns amigos do peito que você sabe que te impedirão de fazer a ligação. Quando o momento chegar e você tentar ligar para a pessoa, aparecerá uma mensagem que o número está bloqueado e seus amigos serão informados, se mesmo assim eles não conseguirem fazer nada e você tentar ligar de novo, o app posta nas suas redes sociais o que você acabou de fazer! Ou seja, mico na certa. 




Há vários apps diferentes para a mesma função. Compensa da uma pesquisada pra saber qual é o mais eficaz. E além dos citados, há muitos outros que são bem úteis e bizaaaaarros...

23 julho 2014

Ausência



Oi galera, tudo bem? Estou aqui para avisar que vou abandonar o blog por uns dias, pois irei viajar. Mas não se preocupem porque vou voltar com tudo e com bastante coisa legal sobre a viagem também!!
Continuem de olho, não me abandonem hahaha! beijoos!




:)

22 julho 2014

Trilhas Sonoras


1- A culpa é das estrelas

Já falei sobre o livro aqui.O filme é muito bom, me surpreendeu, pois é bem parecido com o livro. Só acho que teve um exagero quanto ao assunto câncer, mas faz parte da história. Difícil alguém que não chorou ou não se emocionou no cinema, pois só ouvíamos as pessoas gemendo e chorando hahaha, mas não é pra menos, o filme é bem tocante. Enfim... Uma das coisas que me apaixonei é a trilha sonora. O tipo que eu gosto muito, indie, folk... Nessa rola pop também e até hip hop, vale a pena ouvir:




2- Juno

Quem lembra do filme? Um filme meio alternativo com a trilha sonora bem alternativa. Creio que Juno é umas das trilhas sonoras mais folk e indie que existe. Todas as músicas são um pouco parecidas e o estilo é bem sereno, dá até vontade de ficar deitado numa rede ouvindo, ou até mesmo tirar aquele cochilo. Eu particularmente adoro esse tipo de som, e recomendo pra quem curte também. Dê o play ai e boa música pra vocês!




19 julho 2014

Look: vestidos


Sou uma pessoa apaixonada por vestidos! Juntei umas fotos minhas com alguns, para vocês conhecerem mais ou menos o meu estilo. Nos dias de frio é quando mais uso, aprendi isso em Dublin. Sempre pensei que não daria pra usá-los em tempos congelantes, mas é ai que me enganei. Coloca uma meia calça grossa e um casaquinho, tá pronta! Fica até mais estiloso... Mas como aqui é difícil fazer muito frio, vai um look de verão mesmo!  :)









16 julho 2014

9 passos para se encontrar profissionalmente




1- Pegue uma folha de papel e faça três colunas. Em uma escreva tudo o que te da prazer nessa vida como: cozinhar, caminhar, tirar foto, decorar, organizar uma festa, escrever, matemática, animais, atuar, sessão de beleza, natureza, velhinhos etc.
2- Escreva na outra suas prioridades quanto ao seu emprego ideal, como: dinheiro, poder viajar, trabalhar de casa, fazer coisas variadas, etc.
3- Escreva na outra as profissões que mais se encaixam  com o que citou no item 1, se quiser, invente profissões: chefe de cozinha, atleta, design, escritora, veterinária, blogueira, apreciadora da natureza...
4- Analise quais dessas profissões se encaixam com as suas prioridades citadas no item 2 e vá eliminando as outras.
5- Pesquisa mais sobre as escolhidas, pra sobressair as suas necessidades. O que se pode fazer na área, para onde ir, se é flexível, como é o salário, o que precisa para ter essa profissão.
6- Se tiver dúvidas faça testes vocacionais, visite cursos, faculdades, faça uma pesquisa e se arrisque. Se não gostar do que viu, parta para outra opção, ou tente juntar as duas.
7- Corra atrás! Comece a fazer tudo o que precisa para se tornar quem você quer ser. Guarde dinheiro, arrume seu currículo, faça um curso, aprenda outra língua etc.
8- Tenha contatos. Faça contatos com pessoas da área, conhecido de conhecidas, apareça para o mundo. Se sua profissão não existe ainda, pesquise e estude como abrir o seu próprio negócio.
9- Não desista. Se por acaso não deu certo, tente fazer de outro jeito e saiba que tem outras milhões de coisas que você gosta e sabe a respeito que te daria bons frutos.

Acho que o importante é fazer o que gosta. Quando fazemos o que amamos, não é mais trabalho, é divertimento e você ainda ganha por isso.

PS: Fiz esse post com base no que vejo no Nômades Digitais. Esse site é perfeito para você se encontrar na vida e decidir que rumo tomar, e principalmente te dar aquela força para você criar a sua própria profissão. Vale a pena olhar! :)

14 julho 2014

4 sonhos realizados


1- Ver um show do Blink 182:




Sempre amei  Blink 182. Acho que desde os meus 12 anos de idade. Quando fiquei sabendo que eles viriam ao Brasil fiquei chocada. Eu e uma amiga minha éramos muito fãs. Tínhamos várias camisetas, pôsters na parede, pasta com matérias, todos os CDS, tínhamos munhequeira, lenço e tudo o mais da banda. Lembro que guardamos dinheiro e estávamos muito empolgadas, até que então a banda anunciou um hiatos por tempo indeterminado. Era o fim da banda! Ficamos muito mal, mas nunca deixamos de ser fã, e eu falava para mim mesma que iria em um show deles algum dia. Até que uns anos depois eles voltaram, mas eu nem seguia a agenda deles nem nada. Até que fechei meu intercâmbio para a Irlanda em 2012, e chegando lá descobri que iria ter show do Blink 182 um dia depois do meu aniversário. Nem preciso falar que a primeira coisa na Irlanda foi comprar o ingresso né? Combinei de ir com outros brasileiros que conheci no Facebook. Nem preciso falar que foi uma das melhores coisas da vida. Passei quase o show inteiro chorando haha... Sonho mais que realizado!


2- Fazer intercâmbio:




Sempre foi meu sonho fazer intercâmbio e em 2012 realizei esse sonho. A ideia me acompanhava desde sempre, só faltava dinheiro e coragem. Comecei a juntar dinheiro com uma amiga, ela acabou indo antes de mim. Juntei a grana por um ano, pedi demissão e fui. Escolhi a Irlanda e não teria escolha melhor, foi tudo perfeito dentro do possível. Estudei durante 6 meses e fiquei mais um tempo passeando e curtindo. Nessa foto estou no meu último dia de aula, essa é a turma de avançado na escola Delfin, que aliás, super recomendo. Vou ver se depois faço um post sobre isso, e para saber mais do meu intercâmbio, visite os primeiros posts do blog! :)


3- Conhecer Londres:




Um dos meus maiores sonhos era conhecer Londres, e em 2010 consegui realizá-lo. Uma prima minha estava morando lá, eu e minha irmã aproveitamos as férias e com sorte, conseguimos passagem com desconto, tiramos o passaporte e lá estávamos nós. Fiquei 1 mês por lá, mas nem fiz mochilão nem nada. Ficamos curtindo a cidade, conhecendo cada canto, cada pub, cada partezinha. Fomos também para Salisbury, Stonehenge, Brighton etc. Londres é uma cidade mágica. Só quem já pisou por lá sabe como é a sensação. Eu falei para mim mesma que iria voltar em até 2 anos, e em 2012, enquanto eu estava fazendo o intercâmbio, voltei para lá de novo, na época dos Olimpíadas! Foi o máximo, e quero voltar de novo!


4- Ir a um jogo do Brasil:




Aproveitei que estava pela Europa em 2012 e fui com alguns amigos para o País de Gales assistir a um jogo das Olimpíadas. Na época estava rolando em Londres, mas alguns jogos eram em outros países do Reino Unido. Eu e minha amiga pegamos um ferry da Irlanda para o País de Gales, e vale muito a pena. Viajar pelo mar é incrível, e foi apenas 4 horinhas. Vimos um jogo da seleção contra o Egito, e óbvio que o Brasil ganhou. Logo após o jogo teve um carnaval de rua com pessoas de vários lugares do mundo, a maioria brasileiro claro... Esse dia foi inesquecível! Sempre quis ir a um estádio, e em um jogo do Brasil, melhor ainda!


Tenho muitos outros sonhos realizados que vou falar depois, e muito mais para realizar... Acredito que tudo na vida é possível... É só querer!!! E você, tá esperando o quê?